quarta-feira, 7 de novembro de 2007

casulo


Esta é uma peça que fiz e a Beá fotografou quando veio aqui me visitar.

Ela deu o nome de casulo, mas não me lembro agora que nome eu tinha dado na época. Vinha das pinturas de sementes e da feitura de outros objetos-sementes, devia se chamar semente também, como todas as outras. Mas não importa, casulo é um bom nome.
Mas agora, que estou revendo estas imagens, acho que ela tem mais a ver com outra série, onde me debatia entre: pedra, ovo ou semente?




estrutura em arame, revestimento cobre e contas metálicas
.

18 comentários:

Beá Meira disse...

Silvia eu adoro este trabalho,
ele é essencial,
é sobre o começo da vida.

marcio disse...

se nãaao me engano você começou a fazer essa peça para ser encaixada naquela que tem o espelho dentro, sendo que algo estaria escondido dentro dela, só visível pelo espelho.
aí mudou o propósito, porque não compunha bem, além do que não era exatamente nescessário olhar pelo espelho...

é um casulo falso
ou um mistério incompleto.

jayme disse...

Os casulos são muitas vezes mais interessantes que as borboletas, casulos desprovidos de mistério.

disse...

obrigada, beá, por me oferecer toda esta significância!

M.J. disse...

Esses casulos são jóias e as fotos da Beá ficaram lindas.

peri s.c. disse...

Rodamoinho de saci, sem saci.

anna disse...

casulo, utero, semente, caroço.

GUGA ALAYON disse...

estou preparando uma nova série de clausulos tb.
Até o fim de semana pósto.
bjs

disse...

nossa, marcio, ainda bem que existem os filhos para perpetuar nossa memória!

o começo foi exatamente isso: o oculto do espelho, mas a estrutura ficou grande demais e foi descartada, descartada para aquele fim, ficou alí me olhando e tive que encará-la, então virou este mistério incompleto!

obrigada, querido

Dudi disse...

Eba. Bom te ver!!!
beijinho

disse...

ho,ho,ho Dudi, mas que prazer recebê-lo!

beijo, professor

disse...

jayme, me parece impossível destitui-los de mistério!

mas continuo experimentando...

disse...

ô, mj, são seus olhos!

disse...

peri, tá cheio de saci rodopiando!

disse...

anna, tudo isso por dentro e por fora!

disse...

clausulos, guga! uau estou ansiosa para ver... aliás você deve estar aí enclausulado trabalhando!

Beá Meira disse...

M.J.
Este lance da foto é muito engraçado. As pessoas acham que fotografar na era digital não tem segredo. Mas tudo neste mundo tem sua ciência, não é?
As mães da escola vivem me ligando para perguntar qual é a minha câmera, porque as minhas fotos "saem boas". Saem da onde? Mas não dá para explicar tudo sobre a luz, a lente, e o photoshop, né?

M.J. disse...

Não mesmo Beá.
Vi seus desenhos, tenho passado por lá. Que profusão! Muito bacana. beijos!